segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Fita adesiva - White Stripe

No embalo da exposição de Vik Muniz, em BH, à turma de Expressão Gráfica IV [UEMG 2009/2] foi proposta a convecção de uma capa de CD. Para tanto, dever-se-ia utilizar a mesma lógica de construção imagética do artista.

Vik Muniz revisita o Narciso de Caravaggio

Che de feijão

Da série Cárceres

Após escolhido o artista que ganharia uma capa para seu novo álbum, no caso, a banda White Stripes, iniciou-se a busca por materiais que pudessem ser explorados. O grupo, Lorena Galery, Filipe da Matta, Marcelo Andrade e eu, optou por ressaltar as listras e cores características da banda. Dessa forma, escolhemos uma imagem a ser construída e utilizamos fita adesiva colorida.

A fita foi ganhando forma à medida que foi sendo sobreposta. Conseguimos, com a fita vermelha, criar sobretons, já que ela não era tão opaca quanto à preta. Além disso, a contínua sobreposição e não uniformidade dada à fita fez com que obtivéssemos um pouco de tridimensionalidade.

Infelizmente, não fotografei o processo. Com um projetor, a foto dos dois integrantes da banda foi sendo recriada em um papel A1 colado na parede. É um processo bem divertido que não nos tomou tanto tempo quanto imaginávamos.

Foto do resultado parcial


Proposta de Capa do CD


Existem muitos outros artistas e designers que vão além dos vetores ou papel e caneta. Navegando por ai, aposto que você já viu algum coisa desses dois aqui.

O primeiro é um artista ucraniano. Mark Khaisman, que trabalha justamente com a fita adesiva, mas sua técnica é um pouco diferente. Ele recria cenas de seus filmes favoritos sobrepondo fita adesiva sobre um papel iluminado. Com isso ele cria seus efeitos de luz e sombra, que é o que a gente realmente vê (nada de linhas, contrariando meu querido Van Gogh)





E por último,
Erika Iris Simmons, ou iri5. Segundo a própria artista, ela trabalha com mídias não-tradicionais, em sua maioria, materiais que foram descartados ou doados por outras pessoas.

Ghost in the Machine: Jimi Hendrix

Ghost in the Machine- Bob Marley


Lead the Way - Cassette on canvas, 2009


Beat Boxers

Ela posta seus trabalhos no flickr [http://www.flickr.com/photos/iri5/] com alguma periodicidade e sempre com ideias novas, vale a pena acompanhar.


Um comentário:

  1. Oh, não sabia que você tinha blog, adorei o post.

    Hahah "a contínua sobreposição e não uniformidade dada à fita fez com que obtivéssemos um pouco de tridimensionalidade" - isso foi mencionado durante a criação, logo, totalmente intencional e planejado.

    Confesso que foi uma experiência beeem legal, e o resultado final fica melhor ao vivo que na foto.

    Beijão Bruna

    ResponderExcluir